Piolhos para totós

Piolhos para totós

É o seu primeiro contacto com o tema dos piolhos e quer saber com o que é que está a lidar? Leia este artigo sobre piolhos para totós e prepare-se para a guerra contra os piolhos e lêndeas!

  1. Os piolhos da cabeça atormentam os humanos há séculos. Estes pequenos parasitas vivem no couro cabeludo e alimentam-se de sangue.
  2. Os seus ovos, chamados “lêndeas”, prendem-se ao cabelo.
  3. As vítimas mais comuns são crianças dos três aos doze anos de idade. Porém, os piolhos afetam todas as idades, todos os géneros e todas as classes sociais.
  4. Os piolhos não causam doenças, mas provocam comichão – muita comichão. O prurido, esse sim, pode desgastar a pele e causar uma infeção.
  5. O diagnóstico de piolhos não é complicado. Muitas vezes os piolhos são visíveis no couro cabeludo e isso é suficiente para diagnosticar uma infestação ativa.
  6. Este problema deve ser imediatamente resolvido, através da sua remoção de piolhos e lêndeas. Caso contrário, a criança continuará a sentir comichão e, mais grave, os piolhos continuarão a pôr ovos e a gerar novos amigos.
  7. Os seus ovos, ou lêndeas, prendem-se firmemente ao eixo do cabelo. Uma lêndea presa ao cabelo ao nível do couro cabeludo está provavelmente viva e deve ser removida antes de eclodir. Se o ovo já se encontra longe do couro cabeludo, o piolho provavelmente já eclodiu e circula pelo cabelo.
  8. De tempos a tempos, os piolhos desenvolvem resistência a determinados produtos químicos. Um tratamento que funcione durante algum tempo pode tornar-se ineficaz ao longo do tempo à medida que os piolhos se adaptam.
  9. Há recomendações essenciais quando uma criança traz para casa um caso de piolhos da cabeça: em geral, o vestuário, chapéus e lençóis usados nos dias anteriores devem ser lavados em água quente. Móveis estofados e tapetes devem ser aspirados. Os piolhos e os seus ovos não podem viver por muito tempo sem um hospedeiro humano, em média um dia ou dois.
  10. Existem várias formas não tóxicas e sem pesticidas de tratar os piolhos da cabeça e de prevenir uma infestação. Tire partido de métodos eficazes que se livrem dos piolhos sem o expor a si ou à sua família a tratamentos potencialmente perigosos. Tome uma decisão informada para evitar comprometer a saúde da sua família.

Se o seu filho tiver piolhos, consulte um especialista nos centros SEM MAIS PIOLHITOS. Marque um DIAGNÓSTICO GRATUITO e deixe os piolhos nas mãos de profissionais.

E lembre-se: Há coisas na vida sem solução. Ter piolhos não é uma delas.

Marcações para eliminar piolhos e lêndeas

Porto 938 386 825 | Lisboa 911 873 512 | Maia 911 751 229 | S. M. Feira 936 694 051 | V. N. Gaia 938 386 827